segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Você está vivendo ou existindo?


 Eu gostaria de voltar aqui dizendo que perdi todos os quilos que gostaria enquanto estive ausente, mas infelizmente a realidade não é essa, enquanto estive ausente poucas foram às vezes que consegui fazer dieta, caminhar, emagrecer, mesmo assim nada adiantou, por que recuperei todos quilos perdidos. Senti vontade de voltar a usar o blogger várias vezes, mas ao mesmo tempo sentia vergonha, por ter que admitir que desde a última publicação a relação com a comida, o peso e o sendentarismo não mudaram.

 Eu não vou prometer que irei fazer dieta, caminhadas, muito menos dizer que irei perder todos os quilos que eu quero em um específico tempo. Lembro-me que na primeira publicação deste blogger eu tinha prometido que iria alcançar minha meta antes ou até o dia do meu aniversário de 18 anos, coisa que não aconteceu, embora o tempo realmente fosse suficiente para isso, por isso não vou mais prometer nada, vou simplesmente fazer as coisas e depois compartilhar aqui com vocês. Assim não haverá promessas não cumpridas, metas não alcançadas e decepções.

 Eu voltei a fazer o consumo de remédios para emagrecer, porém desta vez estou fazendo o E.C.A. de maneira diferente, já que não encontro mais o Franol em nenhuma farmácia da minha cidade, mas descobri um remédio chamado Aerolin, ele é como um substituto para o Franol. Eu sei que irei receber comentários falando para mim parar com o consumo por ser prejudicial a saúde, mas estou usando de maneira consciente, sem correr o risco de morrer ou ir para o hospital e agradeço muito pela preocupação.

 Enquanto a alimentação estiver controlada, irei fazer 1 hora de caminhada também, quem me conhece desde o blogger antigo, sabe que este é único exercício físico que eu faço e gosto. 

 Estou com medo de ter compulsão novamente, estou com medo deste ano terminar sem eu não ter perdido quilo algum, nem mesmo os que recuperei, estou com medo de nunca mais na minha vida poder ver novamente o meu peso tão desejado ao subir na balança e estou com medo de passar o resto da minha vida tendo uma relação compulsiva com a comida. Eu sinto falta de como eu era a uns anos atrás, conseguia fazer qualquer dieta com facilidade, meu peso não ultrapassava de 55.9 kg, eu só consumia alimentos saudáveis, fazia caminhadas diariamente, eu daria tudo para voltar a ser como eu era antes, pois naquele tempo eu era feliz e não sabia.